Tempo em
Uberaba

12 de dezembro de 2014 | 11h 12
Quer ficar rico? Então viaje!
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Filipe Neri
filipeneri-geotrip@outlook.com.br
Publicado por: Filipe Neri

Coluna do Filipe Neri: toda sexta-feira no portal JC

Quando estava com 16 anos, comecei a sonhar em viajar para os Estados Unidos ou para qualquer outro país em que o idioma predominante fosse o Inglês. Havia pouco tempo que tinha começado o meu primeiro curso de Inglês e logo fiquei apaixonado pela língua. Mas era apenas um sonho, que não saberia quando e se iria se tornar real. Comecei o meu curso de Licenciatura em Geografia, na Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), aos 18 anos. Logo as primeiras viagens pelo Brasil começaram, eram os chamados Trabalhos de Campo. O objetivo era aprender, na prática, tudo aquilo ensinado para nós em sala de aula. 

A primeira foi logo para a Serra da Canastra e, depois, para o Rio de Janeiro. Sempre foi assim, uma para algum lugar mais perto, e outra mais distante. E ao longo dos quatro anos de curso, conheci e aprendi um pouco sobre vários lugares do Sudeste, Sul e alguns do Centro-Oeste e do Nordeste.

No final do ano de 2011, resolvi que realizaria o meu sonho de infância, então comecei a pesquisar algum país para que eu pudesse realizar um curso de verão de Inglês. Um dos meus critérios para a escolha do lugar teria que ser uma cidade pequena (porque seria a minha primeira vez fora do Brasil e iria sozinho), e o valor do curso. Em todas as minhas buscas na Internet, sempre lia informações e dicas muito boas sobre a Irlanda. Por isso, acabei fazendo a minha escolha para passar um mês em Dublin. 

A maioria das pessoas procura alguma agência de turismo para realizar esses intercâmbios. Eu fiz diferente: planejei toda a minha viagem sozinho. Entrei em contato direto com a escola na Irlanda e fiz várias pesquisas em diversos sites de passagens, até encontrar aquela com o melhor preço e melhores condições de pagamento. Não me arrependo, em momento algum da minha escolha e da maneira como planejei, pois foi uma das melhores viagens que eu já fiz.

Hoje, já concluí minha graduação. Ainda procuro conhecer lugares diferentes, mas com menos frequência, por causa dos compromissos de trabalhos. Mas quase sempre vou alguma cidade desconhecida nas férias.

Fazer turismo é viajar, por vários motivos e objetivos, que podem ser recreação, cultura, educação, entre outras. Enfim, é de extrema importância conhecer novos lugares, novas pessoas e novas culturas, para que nós, como pessoas, possamos ter uma mente mais aberta ao novo, ao diferente. Então, quando realizar alguma viagem já vá sabendo algumas informações básicas sobre o lugar, não se prenda somente aos pontos turísticos tradicionais, procure viver e sentir a cidade, conversar e manter contato com as pessoas no caminho a ser desvendado. Busque conhecer a história e a cultura local, através das festas e das comidas típicas. E assim o seu gosto por viajar só aumentará, porque você vai observando que isso é um dos maiores investimentos. O seu conhecimento sobre vários assuntos ficará mais rico e mais crítico. Uma viagem começa a partir do momento em que você escolhe o destino, e nunca mais termina, porque você certamente sempre se lembrará dela.

Sou Filipe Neri, professor de Geografia, amante da Fotografia e o meu hobby favorito é viajar. Assim, irei compartilhar com vocês dicas e informações sobre os lugares que já tive a oportunidade de conhece, e como planejar toda uma viagem.

Veja alguns registros de Filipe em suas andanças:

Fotos: arquivo pessoal

 
Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade