Tempo em
Uberaba

12 de junho de 2015 | 11h 32
Quer curtir um friozinho? Vá para Campos do Jordão
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Filipe Neri
filipeneri-geotrip@outlook.com.br
Publicado por: Filipe Neri

Recentemente estive em Campos do Jordão, um dos vários municípios do estado de São Paulo, com um grupo de alunos do Colégio Cenecista Doutor José Ferreira e com o professor Mozart Lacerda, organizador da excursão. Passamos o feriado de Corpus Christi nessa cidade incrível.

 

Toda a turma no Palácio Boa Vista

 


Eu e o professor Mozart Lacerda


Características geográficas: está localizada na serra da Mantiqueira, a mais de 1,6 mil metros de altitude, possui o clima tropical de altitude e há presença da mata de Araucária, que para mim é uma das mais bonitas que temos.

 

Exemplares de araucária

 

Essa foi a minha primeira vez em Campos. Fiquei surpreso com tudo: a beleza, o clima, a vegetação, a arquitetura, o povo (morador e visitantes), entre outros. 
Campos é conhecida por ser a Suíça brasileira. Nunca estive na Suíça, porém todos os elementos fazem lembrar muito as pequenas cidades europeias.
Se você estiver procurando um lugar para passar alguns dias com o seu parceiro ou parceira, Campos do Jordão é ideal, pois é uma cidade bem romântica.
Se você estiver procurando uma cidade badalada, com gente jovem e bonita, ótimos restaurantes, bares, pubs, cafés, boates, Campos do Jordão é ideal, porque o que não falta nessa cidade são esses lugares e essas pessoas.
Se você procura uma cidade para curtir a natureza, Campos do Jordão é ideal. O meio natural de lá é incrível e há vários passeios para curti-lo.
Ficamos hospedados na pousada Portal de Campos, simples, com ótimo café da manhã, infraestrutura e atendimento. Ela se localiza próximo ao portal de entrada da cidade. E, o melhor de tudo, com um preço muito acessível.
Enfim, Campos do Jordão tem atividades e atrações para diversos gostos. Mas, se resolver conhecer essa cidade, principalmente em alta temporada, vá preparado, porque tudo é muito caro. Mesmo assim, dá para você gastar pouco, basta pesquisar. Por exemplo, a pousada que ficamos é simples e conta com preço bom, o restaurante Bigornia, é no estilo self-self, tem qualidade e preço menor também. Para comprar roupas, basta pesquisar bem onde o preço é melhor. Costuma ser nas lojinhas que estão localizadas próximas ao teleférico.

Pontos turísticos de Campos do Jordão:


Palácio do Governo, Palácio Boa Vista
Foi inaugurado em 21 de julho de 1964 pelo então governador Adhemar de Barros para servir de residência de inverno. Com o passar dos anos, adquiriu outra função: a de museu aberto ao público. Numa área de quase três mil metros quadrados, dividida em 35 ambientes e 105 cômodos, o Boa Vista abriga um grande acervo  artístico e cultural, como mobiliários dos séculos XVII e XVIII, antiguidades, esculturas, peças decorativas, objetos religiosos e obras de artistas contemporâneos, como Tarsila de Amaral, Anita Malfatti, Aldo Bonadei, com destaque para os quadros de Di Cavalcanti. Lá dentro é incrível, pura ostentação, pena que os visitantes não podem fotografar nenhuma dependência, somente nas áreas externas. Entrada gratuita. Aberto de quarta a domingo das 10:00 às 17:00 horas.

 


Museu Felícia Leirner 
Está localizado na avenida Dr. Luis Arrobas Martins, 1880, no Alto da Boa Vista, em uma área de 350.000 m2, no jardim do Auditório Cláudio Santoro. O espaço reúne cerca de 100 obras da artista polonesa, esculpidas em bronze e cimento branco que foram doadas por ela ao Governo do Estado de São Paulo em 1978.
São figuras zoomórficas e humanas, além de gigantescas imagens brancas que nascem da grama para estabelecer uma comunhão perfeita com a paisagem.
Por entre suas alamedas sombreadas e floridas, pode-se sentir toda a alma da escultora através de suas peças expostas em pontos estratégicos e a belíssima vista da pedra do baú com todo seu encanto. A entrada é gratuita. Aberto de terça a domingo das 9:00 às 18:00 horas. 

 

Auditório Cláudio Santoro
Sede oficial do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, ele tem uma rica programação cultural o ano todo, recebendo inúmeros espetáculos de teatro, música e dança.
Inaugurado em 12 de Julho de 1979 em uma área de 5.740 m² cercado de muito verde, o moderno projeto reúne todas as condições para receber artistas e público com muito conforto: o palco, os camarins e a acústica são perfeitos, com todas as condições de uma grande sala de espetáculos de padrão internacional.
O auditório tem capacidade para 814 pessoas na plateia e 48 nos camarotes. Embora tenha sido concebido como sala de concertos, o Auditório Claudio Santoro abriga, com mesma qualidade, espetáculos de dança, teatro, shows variados e seminários. Nos jardins foi instalado um museu ao ar livre: o Museu Felícia Leirner, com esculturas da artista. Aberto de terça a domingo das 10:00 às 18:00 horas.

 


Casa da Xilogravura
Possui uma rica história de cultura. É o único museu do Brasil especializado em Xilogravuras, com um diversificado acervo de obras de artistas brasileiros e internacionais.
A xilogravura, para quem não sabe, é uma gravura feita por meio de impressão sobre o papel de uma matriz entalhada em madeira.
Fundado em 1987 pelo professor e escritor Antônio F. Costella, o local expõe seu acervo particular, com mais de duas mil obras de cerca de 300 xilógrafos. Segundo Costella, que também cria em Xilo, a necessidade de expor as obras de arte foi ficando tão forte, que com o tempo, ele foi forçado a deixar a casa onde morava para que o espaço abrigasse somente o museu.
Nos jardim da Casa da Xilogravura existe um pequeno monumento que marca o local onde está enterrado Chiquinho, um cão que participou da trajetória do museu e que inspirou o logotipo da Editora Mantiqueira.
Chiquinho foi um cãozinho que nasceu na vizinhança e foi adotado por Costella. Doente, o animal só se alimentava na presença do seu amado dono e poderia morrer caso fossem separados, mas Costella precisava fazer uma viagem, onde apresentaria um trabalho em Portugal. Depois de muita insistência do professor, o cão conseguiu autorização para ir junto a para a Europa durante o período da ditadura. A passagem de avião e a autorização do voo, inclusive, estão expostas no museu. 
A entrada na Casa custa R$ 6,00. Estudantes, professores e maiores de 60 anos pagam a metade do valor. Ela é aberta ao público de quinta a segunda-feira, das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 h. 

 


 

Ducha de Prata
A Ducha de Prata  é formada por várias duchas artificiais que vislumbram os visitantes. Na canalização desembocam águas vindas do represamento do Ribeirão das Perdizes.
Em meio à natureza exuberante da serra, as águas da Ducha deliciam o público que pode utilizar plataformas de madeira para tomar banhos frios e saudáveis. A entrada é gratuita.

 

 

Centro de Lazer Tarundú
 O Centro de Lazer Hípica Tarundú oferece ao visitante uma área de 500.000 m2 de lazer e proximidade com a natureza.
Localizada a poucos quilômetros do centro, ao lado do Hotel Toriba, o Centro de Lazer proporciona além do qualificado haras, uma grande variedade de entretenimento que pode ser explorado por todas as idades.
Dentre as opções de lazer em contato com a natureza estão arborismo, arco & flecha, bike looping, bunggy tranpolim, mini golf, mini buggy, orbit ball, paint ball, patinação no gelo, passeios em trilhas e thunder.
O horário de funcionamento é, diariamente das 9:00 às 17:00. Aos finais de semana e feriados, o restaurante funciona das 11:00 às 22:00. Preparem o bolso, porque na minha opinião, ele é um dos parques mais caros que já estive. Mas, vale a pena passar uma tarde para descansar e conhecer o local.

 


Chocolate Araucária
Para os chocólatras de plantão, como eu, esse é um ótimo local para comer um delicioso chocolate. Lá você conhece um pouco mais sobre a história do chocolate, descobrindo o passo a passo da produção do doce. E você pode comer na própria loja. É um melhor que o outro. Funciona diariamente das 10h00 às 18h00.

 

 

Vila Capivari: 
Eu particularmente adorei essa região de Campos do Jordão. A Vila Capivari é o Centro Turístico e o ponto de encontro da cidade. Em meio a prédios construídos com arquitetura europeia, o visitante encontra sofisticados restaurantes, cafés e barzinhos que atendem aos mais diversos gostos e paladares.
Fazer compras em Capivari também é uma ótima atração. As mais diversas grifes estão presentes nas ruas e shoppings da cidade. Recentes tendências da moda podem ser encontradas nas lojas e boutiques, com destaque para malhas e artigos em lã fabricados na cidade. No local também há produtos exclusivos de Campos como chocolates caseiros, a tradicional cerveja artesanal Baden Baden, artesanatos e souvenirs.
Na temporada de inverno, feriados e alguns finais de semana, é possível conferir shows e apresentações culturais na praça São Benedito. O local também é ideal para caminhar e recarregar as energias enquanto se aprecia o clima.

 

 

Cervejaria Baden Baden

Eu não gosto de cervejas, mas, não poderia deixar de falar da marca mais famosa de Campos do Jordão. Em qualquer lugar que você for a Campos, você irá encontrar alguém bebendo ou essa cerveja para comprar. Uma dica para quem está indo nessa temporada de inverno 2015, na loja principal da Baden Baden na Vila Capivari, os funcionários aceitando o cartão com a bandeira ELO. A bebida está com uma ótima promoção: você paga somente metade do valor original. E a cada quatro unidades compradas, ganha-se uma taça da marca.
Eu não fui conhecer a fábrica dela, mas, se você tiver a oportunidade, o valor é de aproximadamente R$ 10 reais. Ela está aberta diariamente das 10h às 17h.
Criada para ser uma fábrica-modelo na produção de cervejas artesanais, a marca segue a risca o movimento mundial The Craft Beer Renaissance, valorizando acima de tudo a felicidade e prazer de fabricar cervejas diferenciadas com sabor, corpo e aroma inconfundíveis.
Durante o passeio na fábrica é possível acompanhar os processos de produção artesanal, aprender mais sobre a composição das cervejas de um modo geral, além de receber dicas importantíssimas para a compra, armazenamento e consumo.
São produzidos no local cinco tipos de chopp - Stout, Red Ale, Bock, Pilsen Cristal E Weiss - e oito variedades de cerveja - Stout, Red Ale, Bock, Pilsen Cristal, Weiss, Golden, 1999 e 20 Anos.

 


 

Existem vários outros pontos turísticos em Campos do Jordão. Esses são os que eu visitei. Se você tiver a oportunidade de conhecer essa cidade, não perca tempo, vá mesmo. Preparem as roupas de frio e o bolso e vá. Garanto que não irá se arrepender. 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade