Tempo em
Uberaba

20 de janeiro de 2015 | 09h 20
Conhece o estilo Kitsch?
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Bianca Carli
biacarli@gmail.com
Publicado por: Bianca Carli

Coluna da Bianca Carli: toda terça-feira no portal JC

Na coluna da semana passada falamos de quatro estilos: clássico, moderno, contemporâneo e minimalista. Se você ainda não descobriu qual é o seu estilo, dê uma olhada na coluna desta semana que traz mais cinco estilos diferentes para se inspirar. 

E para começar, vamos à clássica dúvida: retrô ou é vintage? Qual a diferença? Resumidamente, vintage é a peça antiga, ainda em bom estado de conservação e retrô é uma peça nova, inspirada ou reeditada conforme modelo do passado. E não é só ao design que isso se aplica não. A definição é valida também para roupas, móveis, objetos, eletrodomésticos, entre outros.  

VINTAGE

Bem conhecido dos designers e arquitetos, o termo vintage tem origem nas safras de vinho. Seria como dizer que, quanto mais velha a safra do vinho, melhor ele será. O estilo é bem isso: ele resgata peças da década de 20 a 60 e, por se tratarem de peças originalmente antigas, tem valor mais elevado. São porcelanas, cristais, luminárias, mobiliários e até eletrodomésticos garimpados em antiquários e lojas especializadas.  Para adotar esse estilo, não é necessário usá-lo em todos os itens. Basta adotar, por exemplo, um sofá em uma sala e acompanhá-lo de peças atuais mescladas com itens de decoração também vintage. 

Fonte: http://acervodeinteriores.com.br/decoracao-com-moveis-vintage/

Fonte: http://rouclom.asia/decoracao-sala/salas-decoradas-vintage.aspx

Fonte: http://www.decoracao-cozinhas.com/imagens-eletrodomesticos-vintage-jpg

RETRÔ

Ao contrário do vintage, que tem peças originalmente antigas, o mobiliário e os objetos do estilo retrô são inspiradas nas peças das décadas de 70 e 80. Por se tratarem de peças ainda produzidas na atualidade, seu preço é mais acessível e tem características mais lúdicas. 

Fonte: http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-32--5-20140703

Fonte: http://gifyts.com.br/blog/dicas-de-decoracao/sala-retro/

Fonte: http://gifyts.com.br/blog/dicas-de-decoracao/sala-retro/

ROMÂNTICO

Tons suaves como o azul e o rosa claro, pequenas estampas florais, móveis pintados de branco e com técnicas de desgaste ou pátina compõe este estilo que traz suavidade em sua essência. Baseado na decoração clássica é um estilo delicado, suave e elegante e, quando bem trabalhado, agrada qualquer pessoa e passa longe de ser um estilo somente feminino.

Privilegia tecidos bonitos, gostosos de tocar e ver como seda, cetim, veludo e acolchoados. O quarto romântico tem sempre a cama como ponto principal da decoração, com destaque para estruturas de ferro ou de madeira, sempre imponentes e cabeceiras estofadase/ou colunas. O guarda-roupa tradicional é outra peça-chave desse estilo, assim como o uso de dosséis, tule ou cortinas suspensas sobre a cama.

A luz natural é outro fator de presença na decoração romântica que abusa de cortinas leves, transparentes ou semitransparentes para filtrar a luz exterior, criando ambientes aconchegantes e intimistas.

Fonte: http://surtodeumageminiana.blogspot.com.br/2013/10/quartos-romanticos-no-melhor-estilo.html

Fonte: http://cleriamattos.blogspot.com.br/2011/03/blog-post.html

Fonte: http://blog.obravip.com.br/decoracao-de-salas-de-espera/

Fonte: http://stuffkit.com/30-creative-living-room-designs.htm

Fonte: http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-32--5-20140703

RÚSTICO/COUNTRY

Madeira envelhecida, pedras, cestos de vime e teto sem forro são alguns dos itens que compõe esse estilo. Mais voltado para o contato com a natureza, nos remete à vida no campo, de forma mais simples e genuína. Tons terrosos e o branco leite são cores constantes nesse estilo que privilegia padrões quentes e acolhedores. Tecidos xadrez, padrões florais e artigos feitos à mão também tem lugar garantido nesse estilo.

Fonte: http://decorarcomdiversao.blogspot.com.br/2013_06_01_archive.html

Fonte: http://www.seularaqui.com.br/decoracao/cozinhas/uma-cozinha-no-estilo-tradicional/

Fonte: http://www.zun.com.br/decoracao-rustica-para-casas/

KITSCH

De origem alemã, o termo kitsch tem significado e aplicação bastante controversos. Considerado uma cópia inferior de outros estilos, referia-se anteriormente ao mau gosto artístico. Porém essa conotação perdeu espaço e o termo passou a ser usado para nomear tudo aquilo que é irônico, exagerado, divertido.

Sobriedade é uma palavra que não cabe no dicionário kitsch. O estilo abusa de cores fortes, todas misturadas e, ao invés de móveis caros, porcelanas e adornos, faz uso de plástico colorido, vidro, imagens de santinhos e tecidos baratos, com estampas grandes. Objetos fora do contexto e mistura de estilos dão o tom no universo kitsch.

Fonte: http://donanoivablog.blogspot.com.br/2013/05/decorando-estilo-kitsch.html

Fonte: http://donanoivablog.blogspot.com.br/2013/05/decorando-estilo-kitsch.html

Fonte: http://hogar.linio.com.mx/decoracion/10-cosas-kitsch-para-decorar-tu-hogar/

Fonte: http://acervodeinteriores.com.br/chita-na-decoracao-externa/

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade