Tempo em
Uberaba

26 de fevereiro de 2019 | 18h 16
Psicologia Ambiental
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Nalanda Mendes
nalandamendes@gmail.com
Publicado por: Nalanda Mendes

                                                          

Nalanda Mendes escreve a coluna de Casa & Decoração no JC. Arquiteta de formação, empreendedora, mãe e dançarina em desenvolvimento permanente, além de fotografa nas horas vagas. Louca por música de quase qualquer natureza, espetáculos teatrais que emocionam, viajar o máximo que puder pelo maior tempo que puder e por pudim. Na arquitetura descobri o meu propósito no mundo: criar! Sempre tive vontade de fazer muito, e na Decorativa estou aprendendo que a aventura está sempre aí, e que talvez nos momentos mais improváveis podemos descobrir as oportunidades mais incríveis.

 

Em sua coluna, Nalanda fala sobre o tema - Psicologia Ambiental

Percebemos o mundo a nossa volta por meio de nossos 5 sentidos - imagens, cheiros, sons, toques e gostos definem nossas experiências ao longo da vida e constroem nossa personalidade, sentimentos e opiniões.

Mesmo que não seja de forma muito “consciente”, a decoração dos ambientes (seja comercial, residencial, etc.) é uma fonte permanente de estímulos e informações, e por isso, é um fator condicionante para nosso bem-estar físico e emocional. Inclusive, há uma área na psicologia que se dedica exatamente a analisar como o indivíduo percebe e se influencia pelo ambiente, é a Psicologia Ambiental.

FONTE: https://casacor.abril.com.br/decoracao/casacor-sc-2018-a-delicada-leveza-da-suite-essencial-revela-se-nos-detalhes/

Comportamo-nos de forma diferente em espaços diferentes, por isso é muito importante que os ambientes sejam visualmente agradáveis, tenham layout que priorize a circulação e ergonomia, além de considerar o conforto térmico e acústico, proporcionando bem-estar de seus usuários.

Personalizar o ambiente também é um fator muito importante. A casa que reflete a personalidade de seus moradores cria uma referência para sua identidade, como se fosse uma extensão de nós mesmos e isso é o que transforma a casa em um lar.

FONTE: https://br.pinterest.com/pin/306385580896252975/

O mesmo acontece na decoração comercial, esses ambientes são uma fonte permanente de informações para seus clientes e consumidores, despertando emoções e sensações através dos sentidos, e mesmo que de forma inconsciente, faz com que os clientes avaliem a empresa através do que veem em seus espaços.

FONTE: https://www.margauxkeller.com/interior/des-ailes-aux-pieds-shoe-shop/

Por todas essas razões, o design de interiores tem ganhado cada vez mais espaço, se tornando um serviço fundamental para satisfação e felicidade das pessoas (além de sucesso dos negócios). O arquiteto ou designer de interiores é alguém que traduz pessoas em revestimentos, texturas, cores e adornos. Damos vida ao espaço, mas não uma vida qualquer, melhoramos a sua vida e a sua história.  Além, é claro, de deixar esteticamente bonito, afinal a beleza também nos faz feliz e estar feliz, no fim das contas, é o objetivo de todos nós.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade