Tempo em
Uberaba

26 de fevereiro de 2019 | 17h 32
STRESS X CORRUPÇÃO: Qual o verdadeiro impacto emocional?
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Theresa Rachel Alvim
contatopsicoach@gmail.com
Publicado por: Theresa Rachel Alvim

Theresa Rachel escreve a coluna de Bem Estar & Saúde no JC.

Psicóloga especialista em Psicoterapia Psicanalítica, Coaching de Carreira e Palestrante.

Em sua coluna a psicóloga traz o tema:  STRESS X CORRUPÇÃO: Qual o verdadeiro impacto emocional?​

Vivemos em uma era onde o Brasil se encontra “adoecido”, no sentido emocional da questão. Nosso atual momento está caótico e tanto os empresários, políticos, cidadão de bem, famílias, educadores, entre outras pessoas, se encontram em stress constante devido ao “jeitinho brasileiro” de se resolver tudo, a nossa temida “CORRUPÇÃO”. Esse jeitinho entra na nossa questão cultural, vem de outras épocas, de nossos antepassados, que prefiro, não entrar em detalhes.

Hoje a minha preocupação é a mesma de uma década atrás. Como iremos nos resguardar diante de tanta corrupção e tecnologia? Vivemos em um mundo “online”, vantagem essa que estão aqui lendo essa coluna. Porém desvantagem em vários quesitos, por exemplo, onde estão as crianças que antigamente brincavam nos parques ou na porta de casa? Estão “trancadas” em seus tabletes, smartphones, jogando com os amigos da internet. Tudo mudou, inclusive o nosso governo.

O que hoje de verdade o brasileiro quer? Carro zero? Conta bancária recheada de dinheiro, cartão de crédito ilimitado? Percebo a insatisfação da nossa sociedade capitalista, economicamente falando. Emocionalmente adoecidos pela frustação de tanta desigualdade social.

As doenças psíquicas atingem um número absurdo de brasileiros. Os consultórios psiquiátricos estão lotados de pacientes, e infelizmente estes acreditam que um remédio cura tudo. Os remédios tratam sintomas, mas a causa continua e merece uma atenção específica. Por isso acredito no nosso trabalho como Psicoterapeutas, Analistas Comportamentais e Coaches. Como vivemos na era imediatista, da ansiedade, se torna doloroso esperar um tratamento, porque, possuem a crença de que coisa boa, é coisa rápida. Concordo que muitas coisas rápidas funcionam, por exemplo fast food(comida rápida), mas garanto que uma comida feita em casa, com cuidado, e muito amor não tem preço.

A nova era chegou, a grande questão é:

ESTAMOS PREPARADOS?

Gostaria de fazer uma reflexão sobre o stress causado pelos problemas do nosso cotidiano. Acredito que a nossa vida seja sistêmica, ou seja, temos diversas áreas na nossa evolução como seres humanos, por exemplo a área familiar, conjugal, emocional, saúde, social, intelectual, financeira, espiritual, profissional, etc. Do que adianta cuidarmos apenas da nossa mente, se o nosso profissional está afetado, se estamos insatisfeitos no cargo que estamos investindo energia todos os dias? Qual é a vantagem atingirmos um salário maravilhoso se sua vida conjugal está abalada e não consegue se entender com seu conjugue e filhos?

Na nova precisamos nos preparar emocionalmente e sistemicamente para enfrentar o que vem pela frente. Muitas tragédias rondam a nossa paz diariamente diante do grave problema que tange a corrupção.

Corrupção na esfera das relações humanas em particular, está relacionado ao suborno: ato ou efeito de se corromper, oferecer algo para obter vantagem em negociata onde se favorece uma pessoa e se prejudica outra. Busca oferecer ou prometer vantagem indevida a qualquer pessoa, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício, conforme o artigo 333 do Código Penal Brasileiro de 1940. (Wikipédia)

Acredito na união dos povos no combate contra esse mal da corrupção e do stress. Se cada um fizer sua parte e auxiliar, com um trabalho de formiguinha, a probabilidade de irmos evoluindo nosso rico país é gigante.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade