Tempo em
Uberaba

06 de março de 2018 | 13h 37
Feno Grego: Descubra seus benefícios e como emagrecer utilizando esta planta infalível
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Milly Gondim
mgondimfisio@gmail.com
Publicado por: Milly Gondim

                 

Dra. Milly Gondim escreve a coluna de Bem Estar & Saúde no JC, todas as TERÇAS. Fisioterapeuta, especialista na área de Dermato Funcional.

 

Em sua coluna a fisioterapeuta traz o tema Feno Grego: Descubra seus benefícios e como emagrecer utilizando esta planta infalível.

 Fotos reprodução    

O Feno Grego (Trigonella foenum-graecum), conhecido como alfarva ou alforva, é uma planta silvestre originária da Índia e do Paquistão, seu uso é terapêutico desde a antiguidade. Possui propriedades anticancerígenas, reduz os níveis de glicose, colesterol, auxilia em problemas digestivos, a queda de cabelo, a circulação e dentre outros. Está presente na agricultura dos países do Mediterrâneo, Argentina, França, Índia, norte da África e nos Estados Unidos. É utilizado como comida, condimento e planta medicinal.

O feno-grego possui, em suas sementes, proteína, Vitamina C, niacina, potássio, diosgenina (composto que tem propriedades similares ao estrógeno), alcaloides, lisina e L-triptofano, assim como saponinas esteroides. Pode ser utilizado para combater a anemia, febre, problemas digestivos, respiratórios, diabetes, insônia, problemas de caspas, feridas e inflamações.

Esse alimento atua também na redução do colesterol LDL, ou seja, o colesterol ruim, que provoca o entupimento das veias, isso porque possui uma fibra natural solúvel onde minimiza doenças cardiovasculares. 

Feno Grego Emagrece?

As sementes dessa erva são ricas em polissacarídeos conhecidos como galactomannan, que também é utilizado em suplementos alimentares, sendo assim ele gera a condição de saciedade facilitando a perda de peso, aumentando a energia corporal, a massa muscular e reduzindo a gordura corporal, diminuindo ainda os sintomas da menopausa e estimulando a produção de leite nas mamães.

Como Usar?

As sementes do Feno Grego podem ser usadas moídas e diluídas em liquido, em cápsulas, cozinhando as sementes para fazer chá, e utilizando em temperos para comidas e dentre outros, sendo que o mais comum são os preparos para Chás.

Dicas de Chás para prevenção:

Chá de Feno Grego para compressas e gargarejos: Ferva durante 10 minutos duas colheres de chá de sementes em uma xícara de água. Em seguida coe o chá e use em compressas no couro cabeludo para tratamento de caspa e calvície. Nos casos de rouquidão e desconforto na garganta faz-se o gargarejo.

Chá de Feno Grego para o controle da diabete, digestão e pressão arterial: 

- Ingredientes: Sementes do Feno Grego, liquidificador ou moedor e água quente.

Moa as sementes de Feno Grego em um liquidificador ou moedor com um pouco de água. Faça uma pasta fina das sementes e água. Ferva a água em uma panela. Adicione a pasta na água fervente. Adicione outras ervas (canela ou gengibre), caso queira e cubra a tampa da panela.

Cozinhe o chá em fogo brando por 5 minutos e tome-o com o estômago vazio todos os dias.

       

*Aí vai uma dica infalível para te ajudar a perder uns quilinhos!

São dois tipos de Chás para Emagrecer:

1.Usando as sementes:

 Ingredientes:

  • 100 gramas de Feno Frego
  • Água morna.

Modo de Preparo:

  • Asse as sementes de Feno Grego em uma panela.
  • Esmague as sementes quentes em um moedor para fazer um pó fino.
  • Consuma o pó com água morna com o estômago vazio todas as manhãs.

 

2. Usando Água de Feno Grego:

A água de Feno Grego irá induzir uma sensação de saciedade por um dia inteiro. Isso irá diminuir a sensação de fome. O resultado será uma perda de peso visível em poucos dias.

Ingredientes:

  • Sementes do Feno Grego.
  • Uma xícara.

Modo de Consumir:

  • Filtre as sementes da água na parte da manhã.
  • Beba uma xícara de sementes de Feno Grego com água
  • Mastigue as sementes úmidas com o estômago vazio.
Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2018 · Jornal da Cidade