Tempo em
Uberaba

25 de abril de 2018 | 11h 13
Chegou a hora de nos prepararmos para a Guerra Infinita da Marvel
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Redação JC
jcuberabacontato@gmail.com
Publicado por: Redação JC

Fotos: Site Marvel

VINGADORES: GUERRA INFINITA (AVENGERS: INFINITY WAR, 2018)

CENSURA: 14 ANOS

 

Filmes de super-heróis eram, de certa forma, um tabu. Mesmo um dos primeiros, e mais cultuados até hoje, tendo sido lançado em 1978 (Superman: O Filme, do diretor Richard Donner), os produtores cinematográficos tinham certa aversão a levar para a grande tela personagens que tinham como sua base as revistas em quadrinhos. Claro que houveram produções interessantes, com Tim Burton e sua versão do Batman na década de 90 ou Sam Raimi e seu Homem Aranha no início do século XXI, mas foi há 10 anos, com a estreia de Homem de Ferro (dirigido por Jon Favreau), que os estúdios recém-criados da MARVEL começaram a mudar este cenário.

No dia 26 de abril de 2018 chega aos cinemas mundiais o filme Vingadores: Guerra Infinita. Esta produção tem tudo para ser a mais grandiosa dos últimos tempos, visto que reúne mais de 20 heróis apresentados no Universo Cinematográfico MARVEL. O objetivo: combater o vilão Thanos que está em busca das cobiçadas Jóias do Infinito e, imagina onde algumas delas estão circulando? Exatamente, nosso planeta.

Vilão Thanos.

Foi muito interessante acompanhar a trajetória destes personagens ao longo da década, e ver como um estúdio de cinema conseguiu interligar as histórias, apresentar as origens de todos e evoluir de forma conjunta. Até a abertura dos filmes passou por transformações e hoje já exibe imagens dos próprios personagens das telonas (antes, a base eram as HQs). Alguns podem dizer que a MARVEL criou uma simples fórmula e segue ela à risca, mas eu particularmente não concordo com isso, pois a cada filme que é lançado, vemos ela tentando colocar seus personagens em tramas diferentes, trabalhando seus heróis em enredos que transitam pelos mais diversos gêneros cinematográficos (ação, aventura, espionagem, comédia, etc). Talvez a fórmula se aplique para a origem dos personagens, mas mesmo assim, cada um tem suas particularidades a serem exploradas.

Enquanto o novo filme não chega, aproveito o post de hoje para apresentar meu TOP 5 filmes do Universo MARVEL (não foi fácil, pensei bastante!) nos cinemas, e fazer um “esquenta” para a batalha que vem por aí:

5) Pantera Negra (Black Panther, Ryan Coogler, 2018)

Última produção que a MARVEL lançou antes do encontro de super-heróis para enfrentar Thanos. O interessante deste filme, além das aventuras do novo Rei de Wakanda, é como o diretor construiu e apresentou detalhes da cultura africana, com um enredo de dar inveja para alguns roteiristas de 007. A história acompanha desdobramentos da Guerra Civil, e mostra T’Chala assumindo o reino e combatendo rixas entre as tribos e nativos de sua avançada nação.

4) Homem de Ferro (Iron Man, 2008, Jon Favreau)

Se na quinta posição temos o último filme lançado, até então, na quarta colocação temos o primeiro filme deste universo. Aquele que trouxe seu mais carismático personagem, o Homem de Ferro. Até então não era um dos heróis mais preferidos do público, porém o ator Robert Downey Jr. encarnou tão bem o personagem, que hoje fica difícil vermos outra pessoa no seu lugar (como a MARVEL já cogita fazer). Aqui, o bilionário, playboy, gênio e filantropo desenvolve uma armadura que o permite fugir de um sequestro e começar a combater quem ameace a paz mundial.

 3) Vingadores (Avengers, Joss Whedon, 2012)

O primeiro encontro de grandes super-heróis da MARVEL nas telas. O filme foi um marco por apresentar Homem de Ferro, Capitão América, Hulk, Thor, Gavião Arqueiro e Viúva Negra combatendo a primeira tentativa de invasão na Terra, feita por Loki. A equipe interage de uma forma que empolga o espectador e fecha a primeira fase dos filmes do universo apresentado de um jeito incrível, já dando indícios fortes da vinda de Thanos para a Terra.

2) Guardiões da Galáxia (Guardians of The Galaxy, 2014, James Gunn)

Tempos atrás, se alguém falasse que essa turma de heróis renegados seria protagonista de um filme, no mínimo, bom, poderia ser considerado louco. Mas a liberdade criativa que a MARVEL deu ao diretor James Gunn fez com que a produção conseguisse atingir um nível cômico excelente e desse vida a personagens que protagonizaram uma aventura espacial divertidíssima. Na trama, os Guardiões liderados pelo Senhor das Estrelas devem combater o vilão Ronan, o Destruidor, que está em busca de uma das Jóias que Thanos tanto deseja. Inicialmente eles estavam desconectados dos eventos terráqueos, mas com o passar do tempo (e dos filmes) o encontro tornou-se inevitável.

1) Capitão América 2: O Soldado Invernal (Captain America: The Winter Soldier, 2014, Joe e Anthony Russo)

Confesso que o primeiro filme do Capitão não foi lá essas coisas, mas na sua segunda aventura vemos a MARVEL diversificar e apresentar um filme intenso de espionagem (Jason Bourne que se cuide). Na trama, o Capitão descobre que alguns aliados talvez não sejam tão amigáveis quanto ele pensava, e parte em busca da verdade quanto aos fatos que o cercam.

* Menção honrosa para Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War, 2016) que é uma espécie de Vingadores 2.5, pois apresenta o embate entre Capitão América e Homem de Ferro sobre a regulamentação das ações dos Vingadores proposta pela ONU. Além disso, o filme traz de volta um personagem que não estava inserido neste universo e se encaixou muito bem, o Homem Aranha.

E aí, quais são seus filmes preferidos? Nas próximas semanas teremos a crítica da Guerra Infinita e, tenho a singela impressão, que este Top 5 pode mudar. Boa diversão.

DICA IMPORTANTE: Quem for assistir ao novo filme, fique até o fim dos créditos, pois há uma cena extra!

Confira o Trailer de (AVENGERS: INFINITY WAR): 

 

Cláudio Ribeiro de Sousa é Mestre em Ciência da Computação, Professor e fanático por cinema e séries de TV.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade