Tempo em
Uberaba

19 de junho de 2017 | 20h 15
Laudo aponta que atriz Carrie Fisher tinha cocaína e heroína no corpo na hora da morte
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Redação JC
jcuberabacontato@gmail.com
Publicado por: Redação JC

A atriz Carrie Fisher, faleceu  a seis meses atrás e somente agora os detalhes do falecimento da atriz começam a ser descobertos. 
um laudo oficial da polícia de Los Angeles revelou que a morte da atriz foi causa por uma crise de apneia de sono e outros fatores não determinados. Outro relatório, obtido nesta segunda pela People, diz que a atriz tinha cocaína, metadona, álcool e opiáceos no corpo no momento de sua morte.

Segundo o laudo, a exposição a cocaína aconteceu aproximadamente 72 horas antes do recolhimento da amostra de tecido. Traços de antihistamínico e antidepressivos também foram encontrados, assim como uma exposição “remota” a ecstasy.

A atriz, que ficou mundialmente conhecida como a Princesa de “Star Wars”, morreu depois de sofrer um ataque cardíaco no final do ano passado. Ela estava em viajem para Los Angeles no dia 23 de dezembro, quando teve uma parada cardíaca. Os paramédicos a levaram para um hospital próximo do aeroporto. No dia 27 de dezembro, ela morreu no hospital, apenas um dia antes de sua mãe, Debbie Reynolds, falecer.

 

Foto: reprodução Internet

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade