Tempo em
Uberaba

16 de abril de 2018 | 12h 16
Sempac realiza reforma e manutenção dos monumentos Mãe Preta e Princesa Isabel
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Redação JC
jcuberabacontato@gmail.com
Publicado por: Redação JC

A Fundação Cultural de Uberaba, por meio do Setor Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural (Sempac), está realizando serviços de reparos e manutenção nos bustos da “Princesa Isabel” e “Mãe Preta”. Os bens materiais em questão são inventariados pelo Conselho do Patrimônio Histórico e Artístico de Uberaba (Conphau) e exercem papel significativo nos tradicionais festejos culturais afros uberabenses.

O busto da Princesa Isabel, localizado na Praça Santa Terezinha, bairro Fabrício, tem passado por uma série de procedimentos visando melhorias do monumento artístico. Para este fim estão sendo desenvolvidos serviços como remoção de pichações, repintura, restauração e proteção de vidro.

A obra da Princesa Isabel, na Praça Santa Terezinha, faz reverência à personalidade que assinou a Lei Áurea que aboliu juridicamente a escravidão no Brasil. O busto foi inaugurado no dia 13 de maio de 1961 e o local se tornou um referencial dos grupos que sempre estiveram envolvidos nas comemorações do dia “13 de maio” na cidade de Uberaba. No ano de 1999 o busto original da Princesa Isabel foi roubado, pelo fato de ser composto de bronze.Entretanto, devido ao valor cultural para o município, nove anos depois um novo foi edificado no mesmo local, composto de cimento trabalhado e pintado na cor do metal.

A obra do autor Joselito da Rocha Sousa foi inaugurada no dia 13 de maio de 2008 na presença de várias autoridades de Uberaba que fizeram uma honrosa homenagem à comunidade negra uberabense, e ainda hoje se encontra no mesmo local, sendo vítima constante de ações de vandalismo. Por esse motivo, a equipe técnica do Sempac tem intensificado as ações de Educação Patrimonial, ressaltando a importância histórica dos bens inventariados e tombados da cidade.

Já o busto da Mãe Preta, obra do artista Hélio Ademir Siqueira, foi inaugurado na Praça Comendador Quintino, no dia 13 de maio de 1978. A inauguração fez parte das festividades realizadas dentro do programa geral das comemorações do dia “13 de maio”. Neste bem material, estão sendo realizados a troca dos suportes de madeira e restauro, realocação da placa, reforma das pedras locais que estão danificados, bem como retirada de emendas em concreto.

A equipe esclarece que as melhorias nos bens históricos estão sendo custeadas pelo Fundo Municipal de Patrimônio Histórico e Artístico de Uberaba (Fumphau), que provém de arrecadações do ICMS Cultural. Os projetos, que contam novos pontos ao município, foram aprovados por unanimidade pelo Conphau.

Informações por: Luiza Carvalho – Jornalista - Comunicação PMU/FCU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2018 · Jornal da Cidade