Tempo em
Uberaba

28 de outubro de 2015 | 15h 40
Alunas do Projeto Mãos Amigas conseguem renda extra durante a crise
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Redação JC
jcuberabacontato@gmail.com
Publicado por: Redação JC

Foto: divulgação

Em momentos de crise, economistas são unânimes em dizer que é preciso mudar e buscar diferenciais para superar a baixa na economia. Pensando nisso, os alunos do projeto Mãos Amigas, apoiado pelo Criança Esperança e oferecido pela Escola para Surdos Dulce de Oliveira, estão tendo a oportunidade de ampliar os horizontes aprendendo técnicas de artesanato, onde podem comercializar as peças, gerando uma renda extra no final do mês. 
Uma das alunas da turma de artesanato, Elisângela Cabral, explica que é a primeira vez que faz um curso desse e que percebeu ter facilidade para aprender e para realizar trabalhos manuais. “Eu já aprendi algumas técnicas e com isso comprei material para fazer alguns trabalhos em casa. Já tenho condições de fazer para vender e aumentar a minha renda. Este curso está sendo positivo em todos os sentidos e é uma terapia”, garante.


Já a aluna surda, Rayane de Jesus Almeida Pimenta, de 15 anos, comenta que está tendo uma experiência muito significativa e que pensa em ter o artesanato como uma profissão para o futuro. “Quero trabalhar com artesanato, com essa profissão posso melhorar a minha renda”, afirma. A garota conta ainda que as aulas de artesanato contribuem para ela ter mais atenção, organização e para ornamentar as coisas em casa.
Segundo a professora de artesanato, Olímpia Marra, são ensinadas as técnicas de decoupage, craquelê, pátina, arte francesa, stêncil na turma oferecida para a comunidade. Enquanto que para a turma de alunos da escola as técnicas são cartonagem, decoupage de tecido, quilling, pintura em madeira, vidro e plástico. O projeto também oferece a oficina de patchwork e através desta oficina as alunas têm a oportunidade de confeccionar peças diferenciadas utilizando-se desta técnica tão procurada e valorizada dentro do artesanato mineiro.


A segunda turma de artesanato com alunos da comunidade teve início no 2º semestre deste ano, enquanto que os alunos da escola fazem o curso desde o 1º semestre. Tudo o que for produzido nas aulas será vendido no Bazar Mãos Amigas, evento tradicional da Escola para Surdos Dulce de Oliveira e que inspirou o nome do projeto, que acontecerá no dia 03 de dezembro a partir das 16h. 
As aulas acontecem uma vez por semana, sendo na 2ª feira, das 13h30 às 16h30 para a comunidade e às 4ª feiras, das 13h às 16h, para alunos da Escola para Surdos Dulce de Oliveira. O projeto tem previsão de encerramento em dezembro de 2015, mas poderá ser prorrogado para o primeiro semestre de 2016 devido ao sucesso do mesmo. 

 

Matéria por: Assessoria de Imprensa Projeto Mãos Amigas

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade