Tempo em
Uberaba

23 de novembro de 2018 | 01h 19
SMS recebeu representante do Conselho Regional de Fonoaudiologia nesta quarta
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Redação JC
jcuberabacontato@gmail.com
Publicado por: Redação JC

Reunião discutiu o cenário da especialidade no Município e projetos para o próximo ano

 

O secretário municipal de Saúde de Uberaba, Iraci de Souza Neto, recebeu a vice-presidente do Conselho Regional de Fonoaudiologia - 6ª Região (CREFONO 6), Lucila França Martins Oliveira, nesta quarta-feira (21) para interessada em conhecer o cenário da fonoaudiologia e projetos da SMS para a área.  Segundo o secretário, o intuito foi ‘bater um papo’ sobre  o planejamento e  o cenário da fonoaudiologia em Uberaba, dentro da rede assistencial e as perspectivas de potencializar a fonoaudiologia nos serviços de saúde. “Há uma série de proposições por parte do Conselho de fortalecer e consolidar a rede de saúde e mostrar para o Município a importância do trabalho do fonoaudiólogo”, relata Iraci. Ainda segundo o secretário, foram colocadas propostas de fomento ao fortalecimento aos profissionais da Rede em várias áreas da saúde, como terapia ocupacional e fisioterapia, não só a fonoaudiologia.

De acordo com Lucila, trata-se de um trabalho de rotina do CREFONO 6, que envolve os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, de visitar as gestões e verificar a situação da área, vagas disponíveis, profissionais, planejamentos para fortalecimento da área, entre outros. “Estivemos aqui na gestão passada e voltamos agora para ver como estão os trabalhos e disponibilizar o Conselho para ajudar no que for preciso. Nosso objetivo é aumentar a inserção dos profissionais no serviço público de Uberaba e oferecer melhor essa especialidade na rede de saúde do município”, esclarece a vice-presidente do Conselho.

Também participaram da reunião a coordenadora do Serviço de Atendimento em Saúde Auditiva e da Residência Multiprofissional em Saúde da Uniube, Mariana Marquez Rezende, e a fonoaudióloga da Junta Reguladora de Saúde da SMS, Rosana Jordão Guindolin.

A fonoaudióloga Rosana Guindolin aponta que a troca de informações sobre a situação do Município é importante para traçar os planos para melhorar os trabalhos e atuar sobre a demanda reprimida do Município e como direcionar os atendimentos.

A coordenadora do Serviço de Atendimento em Saúde Auditiva e da Residência Multiprofissional em Saúde da Uniube destaca que ter uma profissional de fonoaudiologia na Junta Reguladora da SMS é fundamental para entender o fluxo dos pacientes de saúde auditiva e direcionar os atendimentos para o Serviço da Uniube, que funciona em parceria com a Prefeitura de Uberaba. “Para a gente, essa reunião foi importante para entender as demandas da Secretaria de Saúde e nos orientar sobre as possibilidades de atuação para o próximo ano, pois atendemos os 27 municípios do Triângulo Sul e temos uma parceria muito forte com a SMS”, argumenta Mariana.

Informações enviadas por Jorn Clarice Sousa - Secom/PMU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2018 · Jornal da Cidade