Tempo em
Uberaba

23 de novembro de 2018 | 01h 16
Mudança de endereço do Procon é adiada para o dia 30 de novembro
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Redação JC
jcuberabacontato@gmail.com
Publicado por: Redação JC

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Uberaba, adiou a mudança para 30 de novembro devido a questões técnicas. A sede na Avenida Leopoldino de Oliveira passará por reforma e ampliação nos próximos meses. Devido os trabalhos necessários no local, a Fundação irá funcionar provisoriamente na Rua São Sebastião, 41, para garantir o atendimento aos consumidores durante o período de obras.

De acordo com a chefe de Gestão e Operações do Procon Uberaba, Elisabeth Freitas, o adiamento vai otimizar o atendimento aos clientes durante as promoções de Black Friday. Isso porque, com a mudança, os sistemas de operação e canais PABX ficariam fora do ar até reinstalação completa. Portanto, passando a mudança para 30 de novembro, todos os consumidores que procurarem atendimento durante a Black Friday poderão se dirigir à sede normalmente.

 A empresa licitada para a obra é a Tridel Construtora LTDA – EPP, com proposta no valor de R$ 148.418,52, inferior ao estimado na licitação que foi  R$ 186.609,54. O recurso é proveniente do Fundo Municipal de Defesa do Consumidor, obtido através do recebimento das multas aplicadas ao longo dos anos.

O presidente do Procon, Rodrigo Mateus de Oliveira Signorelli, prevê a conclusão da reforma entre três a quatro meses. “No período da mudança vamos ficar sem funcionar para colocar tudo no lugar, ligar tudo, telefone, comunicação, sistema de dados, Internet, ar condicionado, para retornar o atendimento normalizado”, esclarece Signorelli.

Entre as melhorias no prédio do Procon, será ampliada a área de atendimento ao público, espaço de convivência dos funcionários, aumento da área útil do imóvel, melhoria dos sanitários, oferecendo um ambiente de trabalho maior, mais moderno e mais confortável para os funcionários e consumidores.

O presidente do Procon Uberaba destaca ainda que serão adquiridos computadores novos e os espaços serão mais reservados, para as pessoas ficarem mais a vontade para falar dos seus problemas de consumo. “Vamos contar com um ambiente mais adequado, mais acolhedor, para que a gente atenda melhor esse cidadão e ao mesmo tempo dando ao funcionário todas as ferramentas de trabalho. Acredito que vamos conseguir prestar um serviço ainda melhor”, afirma Signorelli.

Informações enviadas por Jorn. Luiza Carvalho e Jorn. Clarice Sousa - Secom/PMU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2018 · Jornal da Cidade