Tempo em
Uberaba

21 de novembro de 2018 | 23h 28
Sagri debate violência doméstica e escolar na Comunidade da Baixa
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Redação JC
jcuberabacontato@gmail.com
Publicado por: Redação JC

Através do Programa Agrovilas, a Secretaria Municipal do Agronegócio – Sagri - promoveu debate na Comunidade da Baixa sobre “Violência Doméstica e na Escola”. A Roda de Conversa foi com os alunos do sexto ao nono ano da Escola Municipal Sebastião Antônio Leal. O papo foi conduzido pela assistente social Grazielle Veloso Rezende, do CRAS Morumbi. Ela abordou e ouviu relatos no tocante à “violência doméstica e na escola”.

Com foco na convivência familiar e com os colegas em sala de aula, a profissional ouviu históricos de desavenças entre pais e filhos e condenou a relação entre alunos através de apelidos e por meio de xingatórios. Grazielle Rezende também criticou a cultura extremamente machista da nossa sociedade. Ela elencou as penalidades para quem pratica atos discriminatórios.

A assistente social relata que através do CRAS Itinerante já é feito atendimento individual na Comunidade da Baixa. Porém, resultado da Roda de Conversa, ela entende que seja necessário estender este trabalho para os pais de alunos.

Para Maria José de Souza, coordenadora de Agrovilas, estes debates têm despertado a atenção dos alunos. “Mais do que isso, melhorando o comportamento dos adolescentes que durante o bate papo aproveitam para tirar dúvidas e ampliar conhecimentos”, ressalta a coordenadora destacando que outro assunto que deverá entrar na programação é o “namoro precoce”. Há informações, frisa ela, de gravidez em crianças de 11 e 12 anos na comunidade.

Na próxima terça-feira, dia 27, a Sagri levará o Programa Agrovilas para a Escola Municipal Deputado José Marcus Cherem, na Capelinha do Barreiro. O tema será “Combate ao Uso de Drogas”.

Informações Jorn. Rubério Santos - Assessor de Imprensa

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2019 · Jornal da Cidade