Tempo em
Uberaba

13 de setembro de 2018 | 18h 04
De volta à estrada!
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Daniel Jacques - Autos Giros
contato@autosgiros.com.br
Publicado por: Daniel Jacques - Autos Giros

Daniel Jacques traz um giro semanal sobre o mundo automotivo.

Automóveis, motos, caminhões e muita informação.

http://autosgiros.com.br/​

                                               

 

Faaaala galera, tudo bem?

Pois é, depois de "férias forçadas" por essa vida de empreendedor, estou de volta. E cheio de assuntos que abordarei com calma nos Autos Giros pelas estradas do Brasil e do mundo ao longo das próximas semanas. Pra começar, vou falar um pouco sobre a Nissan, que teve dois destaques recentes importantes no site do Autos Giros.

Um chute certeiro

Primeiro foi a avaliação que fizemos do crossover Kicks 1.6 S com transmissão manual. O modelo foi lançado em 2016 vindo importado do México com versão única equipada com câmbio CVT. Foi um grande sucesso, eleito inclusive o carro daquele ano pela nossa equipe.

Em 2017 ele passou a ser fabricado no Brasil, e ganhou a versão intermediária, também com câmbio CVT, e a básica, com câmbio manual. Sobre esta é que ainda pairava a dúvida. Será que ele manterá suas qualidades com trocas "na mão"?

Sendo um pouco "profeta do acontecido", depois de testar o carro fácil dizer "é claro que sim". Primeiro porque a transmissão é incrivelmente suave, as respostas do motor foram bem acertadas e o consumo médio de 13,5 km/l em terreno misto (estrada e cidade).

Além disso, ele continua sendo um "Nissan Kicks". Alto nível de conforto (bancos zero gravity presentes), aquele toque de sofisticação e esportividade que tanto agrada e o visual externo com linhas planas que o tornam bonito mesmo na cor branca.

E o que torna o "pacote básico" bastante atrativo é a faixa de preço. Na casa dos R$ 72.000, ele se posiciona bem entre seus concorrentes, sendo um dos mais baratos, e com pacote de equipamentos bastante completo.

Com tudo isso, tanto quanto aconteceu no primeiro lançamento, a versão manual do Nissan Kicks é mais um grande chute certeiro da marca japonesa no mercado brasileiro. E eu vou falar um pouco mais dele abaixo...

---

Hecha en Argentina

Outro destaque da Nissan no Brasil é a picape Frontier. Em entrevista na última edição da Expointer – maior feira do agronegócio do Rio Grande do Sul e uma das maiores do Brasil, a montadora destacou a nova linha da picape, que chegará ao país produzida na Argentina e como um dos principais destaques da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro.

O novo portfólio trará uma nova versão top de linha – acima da atual LE – e uma nova configuração de entrada – abaixo da SE. Todas com motorização diesel pois segundo Alan Ponce, gerente comercial de veículos leves da Nissan disse durante a feira, este segmento representa mais de 70% do mercado total de picapes.

Apesar de manter a cabine dupla, a nova versão básica será focada no cliente que busca uma picape mais voltada para o trabalho. “Ela será manual, 4×4, e com um nível de acabamento mais básico. Não vai ter banco de couro, mas vai ter controle de estabilidade e muita segurança”. Ponce ressalta ainda que o motor e o torque foram recalibrados para atender o público desta configuração.


Humberto Gómez, diretor de marketing da Nissan do Brasil

Sobre o Kicks, Humberto Gómez, diretor de marketing da Nissan do Brasil destacou que o crossover está com uma demanda maior do que a marca consegue corresponder. “Não estamos podendo entregar os carros com a velocidade da demanda. Estamos com um delay, uma demora, na entrega. É um problema bom, pois está acontecendo em todas as versões”, explica.

De acordo com o diretor, a Nissan está em um ano de forte consolidação no mercado brasileiro: ““Em 2018 estamos crescendo como marca. O que buscamos são novas alternativas para atender nossos clientes da melhor forma. O resultado de tudo isto é que aumentamos quase meio ponto de participação em 2018”, finaliza.

---

Mustang Cobra 50 anos

Pra não ficar só na Nissan, e também não ficar longa demais, vamos destacar um esportivo que já nasceu clássico e campeão de vendas no Brasil. Enquanto por aqui a sua versão única ainda não completou o primeiro aniversário, lá fora o Ford Mustang Cobra Jet está celebrando 50 anos.

A nova versão faz uma homenagem ao modelo original de 1968 que se tornou uma lenda nas corridas de arrancada, as famosas “drag racing”. Com produção limitada a apenas 68 unidades, o novo Cobra Jet é o mais rápido já produzido: percorre um quarto de milha na faixa de 8 segundos, a mais de 240 km/h.


Veja o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=wAWix2spDkc

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2018 · Jornal da Cidade