Tempo em
Uberaba

25 de julho de 2018 | 03h 03
Autos Giros | A casa do mais vendido
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Daniel Jacques - Autos Giros
contato@autosgiros.com.br
Publicado por: Daniel Jacques - Autos Giros

Daniel Jacques traz um giro semanal sobre o mundo automotivo.

Automóveis, motos, caminhões e muita informação.

http://autosgiros.com.br/​

                                               

Na última sexta-feira a fábrica da General Motors em Gravataí (RS) completou 18 anos. Inaugurada em 20 de julho de 2000, de lá já saíram 3,5 milhões de unidades dos modelos Celta (primeiro produzido lá, que saiu de linha recentemente), e dos campeões de venda Prisma (sedã médio mais vendido do Brasil) e Onix (líder absoluto de vendas no Brasil desde 2015).

A marca de 3,5 milhões de veículos produzidos, aliás, foi alcançada simbolicamente com um Onix Activ na cor laranja burning.

A maioridade é o momento do amadurecimento. E a primeira fábrica da General Motors do Brasil fora do Estado de São Paulo está passando por uma grande mudança. Graças aos investimentos de R$ 1,4 bilhão anunciados há cerca de um ano, a unidade está sendo ampliada. O objetivo é torná-la ainda mais moderna, mais tecnológica e ampliar a gama de veículos produzidos no sul do Brasil, visando não apenas o mercado nacional, mas aproveitar-se ainda mais da sua posição estratégica no Mercosul e na América Latina.

Os novos carros devem começar a sair das novas linhas de montagem a partir do final do ano que vem, tanto modelos inéditos como novas gerações da dupla produzida lá atualmente.

Neste ano em que se esperava tanto da recuperação do mercado (e até agora não tem correspondido), este e os outros investimentos anunciados - também em 2017 - pela General Motors (que incluíram também a grande ampliação na fábrica de motores da marca, em Joinville (SC)) mostram uma fé e uma confiança no mercado brasileiro.

Torçamos que o setor automotivo - termômetro da indústria e da economia brasileira - volte a crescer em ritmos cada vez maiores e mais constantes.


Acessórios BMW

Sei que é uma coisa cada vez mais comum, mas a linha de acessórios oficiais do BMW X2 é de sonhar. Algumas delas seriam úteis em qualquer carro, daquelas coisas que "dá vontade de comprar para o meu".

Claro que tem os que não se importam, mas eu acho estranho um carro de uma marca X com acessórios da marca Y. Principalmente se a marca Y tem modelos que custam algumas vezes os da marca X.

Ok então. Próxima meta: comprar um BMW X2 para poder comprar seus acessórios. Ou não...

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2018 · Jornal da Cidade