Tempo em
Uberaba

28 de maio de 2018 | 17h 03
Autos Giros: Pequenas grandes mudanças à vista
comentário(s)
A+ A-
PUBLICADO POR
Daniel Jacques - Autos Giros
contato@autosgiros.com.br
Publicado por: Daniel Jacques - Autos Giros

Daniel Jacques traz um giro semanal sobre o mundo automotivo.

Automóveis, motos, caminhões e muita informação.

http://autosgiros.com.br/​

                                               

Daniel Jacques

Fala galera, tudo bem?

Pois é. A semana que passou trouxe boas novidades e más notícias para o mercado automotivo brasileiro.

As boas notícias vieram de dois modelos compactos, a saber, o campeão de vendas, Chevrolet Onix e o maior clássico do segmento no país, o Volkswagen Gol (e seu irmão, o sedã Voyage).

Foto divulgação: Chevrolet Onix Activ 2019

Com leves mudanças estéticas e de segurança, mas sem alteração na linha, no powertrain ou na plataforma, o Chevrolet Onix, lançado no final de 2012 (versão 2013) parece estar chegando ao final da sua primeira geração. Outro indício deste movimento é o fato de que a fábrica onde o líder do mercado brasileiro é produzido, localizada em Gravataí (RS), está sendo remodelada para - possivelmente - trazer uma nova geração de modelos ao mercado brasileiro. A "atualização" da planta é fruto de um investimento de R$ 1,4 bilhão que a marca da gravatinha dourada está fazendo na sua unidade gaúcha.

Com preços a partir de R$ 48.150, aliás, ele pode também estar sendo reposicionado. Isto porque, além da renovação da sua linha no Brasil, a Chevrolet deve lançar modelos para segmentos onde atualmente não atua como uma picape intermediária entre a Montana e a S10 e, por que não, um sub-compacto para brigar com o Fiar Mobi e o Renault Kwid.

O caso do Volkswagen Gol é parecido (e aqui, quando se fala do Gol, o mesmo vale para o Voyage)...

Volkswagen Gol e Voyage 2019. Arte: Luis Felipe Corullón sobre fotos VW/Divulgação

A linha 2019 trouxe pelo menos duas surpresas. A primeira, aliás, é que, ao contrário do esperado, o modelo não ganhou sua versão automática. Mais do que isso, ambos vieram em versão única de acabamento (e opção de motor 1.0 ou 1.6). Isto pode indicar também - impulsionado pela "Nova Volkswagen" que promete 20 novidades em dois anos - uma nova geração ou até mesmo a substituição do histórico modelo, líder absoluto de vendas no Brasil por quase três décadas.

Vale lembrar que, ao contrário do que o senso comum leva a acreditar, atualmente é o Gol, e não o up!, o carro de entrada da marca alemã por aqui.

Enfim, para sabermos a verdade ainda teremos que esperar mais um ano. Ou será que não?

Ah sim... a má notícia para o mercado automotivo na última semana não poderia deixar de ser outra, mas a greve dos caminhoneiros. Justa em grande parte de suas reivindicações (e isto não está em debate aqui), ela já levou fábricas a pararem suas produções (como a de Gravataí, citada anteriormente), além de, pela falta de combustíveis, impossibilitar a distribuição de automóveis, além é claro, a sua circulação.

Além da "puxada no freio de mão", ainda vamos precisar esperar para sentir os seus reflexos também após o seu fim, enquanto o mercado "volta ao normal". Isso sem contar que estamos em ano eleitoral, e a pouco mais de quatro meses do pleito.

O fato é que ela sem dúvida impactará nos números finais do mercado automotivo em 2018, mas esperamos que ela não perdure mais do que o necessário, e que seus resultados tragam também reflexos positivos não só no mundo automotivo, mas ao país como um todo.

 


"Podem me chamar de picape"

E para não dizer que só os "pequenos" trouxeram novidades esta semana, a RAM, marca do grupo FCA, trouxe para o Brasil a sua nova RAM 2500. Picape tipicamente americana, ela tem tamanho, potência e capacidade de carga sem igual no mercado brasileiro.

Foto divulgação: RAM 2500 Laramie 2018

Equipada com motor Cummins 6.7 seis cilindros capaz de desenvolver 330 cavalos de potência e 104 kgfm de torque, Com preços na casa de R$ 264 mil, ela também carrega mais de sete toneladas de carga. Por fim, ela traz novidades visuais, principalmente na grade frontal, que traz a nova identidade da marca, substituindo o cabrito montês (que permanece na tampa traseira) pelo nome da marca.

E pra não dizer que é totalmente de outro planeta, ela ganhou compatibilidade com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay.

Ahhhh bom.


 

A volta das peruas

Um segmento que eu volta e meia ouço alguém perguntando "por que não lançam mais opções?" é o das peruas (station wagons, em inglês), Na verdade, o mercado tem oferecido cada vez mais opções, mas em carros premium, como o Volkswagen Golf Variant, e o novo Volvo V60.

Foto divulgação: Volvo V60 2019

O modelo sueco, aliás, terá sua pré-venda no país a partir da próxima sexta-feira (01). Trazendo todo o pacote de tecnologia da marca (City Safety, alerta de mudança de faixa e mitigação de pista oposta, entre outros). O preço? R$ 199.950.

Ok, talvez não seja exatamente o que os saudosistas da Marajó, da Parati e da Weekend estavam pensando...

*crédito da imagem de capa:
 Arte de Luis Felipe Corullón sobre fotos de VW e hdrihaven.com/Divulgação

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades do
JC diretamente no seu e-mail:

 



  Agência Digital  
Todos os direitos reservados © 2018 · Jornal da Cidade